fbpx
Connect with us

Geral

A esquerda comemora e faz uso aberto do ato criminoso do Hacker que invadiu o celular de Sergio Moro e dos Procuradores do MP

Publicado há

em

Enquanto o serviço de Inteligencia da Policia Federal investiga desde quarta-feira, 05, a invasão hacker no celular do ministro Sergio Moro, o site The Intercept disparou nesta segunda-feira, 10, notícias sensacionalistas contendo fragmentos das mensagens roubadas dos aparelhos dos procuradores do MP e do atual Ministro da Justiça, Sergio Moro, ex Juiz que comandava até o ano passado a Operação Lava Jato.

A esquerda, que em nenhum momento lamentou a invasão criminosa de hacker nos celulares do Ministro e dos Procuradores do MPF, agora, com força esquerdista, utiliza as publicações do site The Intercept para criticar e tentar desconstruir o MPF, e atacar diretamente o Ministro Sergio Moro, numa clara tentativa de colocar em xeque todo trabalho da Operação Lava Jato.

Jandira Feghali, do Partido Comunista, publicou:

Maria do Rosário, do PT, afirma que chegou a vez de Lula provar que é inocente:

É provável que centenas de autoridades sejam vitimas e tenham seus equipamentos invadidos pelo mesmo criminoso.

Desde o dia 04 de Junho se esperava o surgimento nos noticiários de fragmentos das mensagem de aplicativos trocadas entre procuradores e o Juiz Sergio Moro.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública informou no fim da tarde da última quarta-feira, (5) que o telefone celular do Ministro Sergio Moro havia sofrido tentativa de invasão . De acordo com a nota, o fato ocorreu na terça-feira (4) e, diante da possibilidade de clonagem do número, a linha foi abandonada, e que a investigação para apuração dos fatos estava em andamento.

Nesta Segunda-feira o site The Intercept foi o primeiro veiculo a noticiar ter recebido material de hacker, sendo uma “fonte anonima”.

NOTA DO MINISTÉRIO PÚBLICO:

Veja a íntegra da segunda nota publicada pelo MPF-PR

1. Diante das supostas mensagens publicadas pelo site The Intercept Brasil, cuja fonte criminosa não foi revelada, a força-tarefa Lava Jato do Ministério Público Federal no Paraná (MPF/PR) esclarece que apenas oferece acusações quando presentes provas consistentes dos crimes. Antes da apresentação de denúncias são comuns debates e revisões sobre fatos e provas, de modo a evitar acusações frágeis em prejuízo aos investigados. No caso Triplex, a prática dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro foi examinada por nove juízes em três instâncias que concordaram, de forma unânime, existir prova para a condenação. 

2. A atuação da força-tarefa é revestida de legalidade, técnica e impessoalidade. A imparcialidade da atuação da Justiça é confirmada por inúmeros pedidos do Ministério Público indeferidos, por 54 absolvições de pessoas acusadas, e por centenas de recursos do Ministério Público. Além disso, todas as decisões proferidas submeteram-se à revisão de instâncias judiciais superiores e independentes.

3. A força-tarefa entende que a prisão em regime fechado restringe a liberdade de comunicação dos presos, como já manifestado em autos de execução penal, o que não se trata de uma questão de liberdade de imprensa. O entendimento vale para todos os que se encontrem nessa condição, independentemente de quem sejam.

4. Merece registro o fato de que nenhum pedido de esclarecimento ocorreu antes das publicações, o que surpreende e contraria as melhores práticas jornalísticas. Esclarecimentos posteriores, evidentemente, podem não ser vistos pelo mesmo público que leu as matérias originais, o que também fere um critério de justiça. Além disso, é digno de nota o viés tendencioso do conteúdo divulgado, o que é um indicativo que pode confirmar o objetivo original do hacker de, efetivamente, atacar a operação Lava Jato, aspecto reforçado pelo fato de as notícias estarem sendo divulgadas por site com nítida orientação ideológica.

5. A força-tarefa do MPF/PR é integrada por 15 procuradores da República e por mais de 30 servidores, que praticaram milhares de atos em investigações e processos conduzidos com absoluta lisura ao longo de mais de cinco anos, sob constante escrutínio do Poder Judiciário em diversas instâncias, que confirma o caráter apartidário e a legalidade de sua atuação.

6. Neste momento, a força-tarefa renova seu compromisso de prestar um serviço de excelência à sociedade na esfera da Justiça, continuando a promover a responsabilização de criminosos poderosos e a recuperar bilhões desviados em favor dos brasileiros. Apenas neste ano, dezenas de pessoas foram acusadas por corrupção e mais de 750 milhões de reais foram recuperados para os cofres públicos. Apenas dois dos acordos em negociação poderão resultar para a sociedade brasileira na recuperação de mais de R$ 1 bilhão em meados deste ano. No total, em Curitiba, mais de 400 pessoas já foram acusadas e R$ 13 bilhões vêm sendo recuperados, representando um avanço contra a criminalidade sem precedentes.

7.Os procuradores da força-tarefa manifestaram aqui preocupação com possíveis mensagens fraudulentas ou retiradas do devido contexto. A força-tarefa da Lava Jato estará à disposição para prestar esclarecimentos sobre fatos e procedimentos de sua responsabilidade, com o objetivo de manter a confiança pública na plena licitude e legitimidade de sua atuação, assim como de prestar contas de seu trabalho à sociedade.

8. A exposição pública de informações obtidas por atividades cibernéticas criminosas ainda estimula ataques similares, a extorsão de vítimas, e o ambiente de internet, como a “dark web”, em que são praticados outros graves crimes.

Sou Anderson Barbosa, editor-chefe do Fala Pinhais Fale Comigo: barbosa@falapinhais.com Saiba mais sobre mim: www.facebook.com/BarbosaCWB

Continue lendo
Comercial
Clique aqui para Comentar

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nosso Facebook

Caso de Policia12 meses ago

PCPR e PF prendem estudante acusado de abuso de crianças, em Foz do Iguaçu

A operação contou com um mandado de busca e apreensão. Por meio de diligências cibernéticas, a equipe policial identificou cerca de...

Beleza12 meses ago

Micropigmentação capilar bomba em 2023

Consolidada na Europa e Estados Unidos, a micropigmentação capilar começa a surgiu como uma forte tendência em 2022, no mercado...

Geral3 anos ago

Motociata com Bolsonaro no RS está marcada para o próximo sábado (10)

No próximo sábado, 10 de julho, está confirmado o passeio de moto com o presidente Jair Messias Bolsonaro em Porto...

Geral3 anos ago

Botão do Pânico gera 200 atendimentos e Estado amplia acesso a mulheres de mais cidades

Neste mês, uso do aplicativo foi ampliado para São José dos Pinhas, Almirante Tamandaré, Bocaiúva do Sul, Campina Grande do...

Geral3 anos ago

Polícia Civil conclui identificação de 99% das coletas no IML de Curitiba

Das 2.331 coletas de impressões digitais coletadas em cadáveres, 2.316 levaram à correta identificação dos corpos por esta forma de...

Geral3 anos ago

URGENTE: Lázaro Barbosa acaba de ser preso

Forças de Segurança acabam de anunciar prisão de Lázaro Barbosa. Governador Ronaldo Caiado destacou em primeira mão a prisão do...

Geral3 anos ago

Prefeito de Chapecó anuncia Motociata com Bolsonaro na próxima semana

O prefeito de Chapecó, João Rodrigues, recebeu nesta terça-feira a confirmação da vinda do presidente Jair Bolsonaro a Chapecó, no...

Geral3 anos ago

Já escutou falar em “manterrupting”?

Essa é uma nova expressão que corresponde à junção dos termos em inglês “man” (homem) e “interrupting” (interrompendo). Significa o...

ESTADO DO PARANÁ3 anos ago

Novo Decreto assinado pelo Gov Ratinho entra em vigor a partir de sexta-feira. Saiba mais!

Para reforçar as ações do novo decreto, governador Ratinho disponibilizará mais policiais, fiscalizações e blitzes.

Geral3 anos ago

Frio intenso e geadas podem romper hidrômetro e causar transtornos, alerta Sanepar

As baixas temperaturas favorecem o congelamento da água dentro dos canos, fazendo com que estourem. A proteção do hidrômetro pode ser...

Advertisement
Advertisement